PIS 2018

Tabela do PIS 2018: saiba como ela funciona

A tabela do PIS 2018 é uma tabela que você precisa compreender para conseguir saber quando seu benefício do PIS estará disponível. Este benefício, sem dúvida alguma, oferece uma renda adicional às pessoas para que elas possam facilitar sua vida e suas capacidades.

Vamos falar mais sobre este benefício, sobre a tabela que especifica quando você vai receber seu benefício e outras vantagens que você terá ao conhecer mais sobre seus direitos.

O que é o PIS 2018 e como ele funciona?

O PIS é um benefício que oferece um pagamento mensal para todos os trabalhadores que tem uma determinada faixa salarial, que será informada mais adiante, nos pré-requisitos.

É importante saber que estes valores são uma forma extremamente eficiente de diminuir dívidas e gerar a possibilidade de criar um fundo de emergência ou fazer algum investimento de médio ou longo prazo.

É indispensável entender que esse benefício é anual, mas que ele tem uma série de variações, e que suas regras foram modificadas.

tabela do PIS 2018

 

Vamos entender primeiro os pré-requisitos:

  • Você precisa ter contribuído com o PIS há pelo menos 5 anos
  • Ter trabalhado pelo menos 30 dias com carteira assinada no ano base
  • Ter recebido menos de 2 salários mínimos por mês
  • Ter a RAIS enviada no prazo

Se você cumpre estes pré-requisitos, então veja a Tabela do PIS 2018.

Tabela do PIS 2018-2019

Para receber o PIS, é necessário compreender a tabela do PIS 2018, que é extremamente simples, mas pode atrapalhar algumas pessoas, já que trabalha em relação ao ano anterior. Como as tabelas do PIS começam no meio do ano, existem algumas pessoas que só vão receber o PIS 2018 em 2019, então é importante estar atento ao ano base em questão.

 

Com todas estas informações em mente, é importante entender que a forma de pagamento do pis mudou recentemente, então você pode não receber o que sempre recebia.

O que mudou no pagamento do PIS 2018 e outras dicas importantes

O pis agora é feito de forma escalonada, ao invés de ser um benefício inteiriço. Isso, basicamente, significa que você recebe se tiver tralhado registrado o ano todo.

Se você ficou um ou mais meses desempregado ou trabalhando irregularmente, é importante entender que o pagamento não será de um salário mínimo completo.

O cálculo é simples: divida por 12 o valor do salário mínimo da sua região, e então multiplique pela quantidade de meses que você trabalhou.

Com todos estes benefícios e vantagens, você com certeza fará um uso mais eficiente e consciente dos valores do beneficio.

Tabela do PIS 2018: saiba como ela funciona
4 (80%) 6 votes

Deixe seu Comentário

Ao continuar navegando neste website você está aceitando a nossa Política de Privacidade, que explica como seus dados podem ser usados para melhorar sua experiência e como serão protegidos Mais Informações .
Close
Privacy settings ×